Poema Homofobia, de Herena Reis Barcelos

Então, diz pra mim,
O que você realmente sente?
Não é desinteresse,
Porque sempre me procura.
Não é indiferença,
Pois não me ignora, rotula.
Sabe essas suas regras?
Elas me prendem dentro de ti.
Não será desejo
Essa sua violência?
Sabe o ódio que você carrega?
Nutre também por si.
Bobinho,
Sabe essa sua intolerância?
É, em essência,
Simplesmente um amor travesti.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s