Poema Biografia de um Arco-Íris, de Rodrigo Menezes

Seja um jovem reprimido.
Odeie seus pais e sua família.
Sinta-se estranho e incompreendido.
Saia de casa.
More sozinho.
Faça um curso de humanas.
Encontre o amor de sua vida.
Apaixone-se.
Tenha o coração partido.
Desapaixone-se.
Saia à noite.
Dance música eletrônica.
Beije bocas desconhecidas.
Faça sexo em lugares ermos.
Fume maconha.
Declare-se ateu.
Leia Nietzsche.
Odeie os evangélicos.
Odeie o Papa.
Leia livros de autoajuda.
Estude budismo.
Ame coisas orientais.
Acenda incensos.
Faça uma tatuagem.
Ame literatura.
Faça um blog.
Escreva poemas.
Ame artes.
Faça teatro.
Adote um gato.
Faça trabalhos manuais.
Coma sushi com os amigos.
Viaje.
Assista comédias românticas.
Acorde num belo dia.
Olhe pela janela.
Sinta-se vazio.
Chore no banheiro.
Escute músicas tristes.
Sinta saudades dele.
Sinta saudades de você mesmo.
Ligue pra sua mãe e diga que a ama.
Faça terapia.
Tome antidepressivos.
Siga a vida.
E um dia,
Talvez,
Quem sabe?
Ela doa menos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s